Frequentadores reclamam de abandono e banheiros interditados no Parque Aclimação
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Frequentadores reclamam de abandono e banheiros interditados no Parque Aclimação

Marcel Naves

14 de outubro de 2016 | 19h22

Aréa que se encontra abandonada no Parque da Aclimação começa à apresentar sinais de deteriorização.

Área interna do parque da Aclimação, que se encontra abandonada  começa à apresentar sinais de deterioração.

O Parque da Aclimação, na região central da cidade, tem recebido melhorias nos últimos meses, mesmo assim alguns velhos problemas ainda persistem. Há décadas, por exemplo, as pistas de bocha continuam abandonadas. O local, praticamente em ruínas, está tomado pelo mato. A vigilância não existe, e apenas seis funcionários são responsáveis pela limpeza dos 112 mil metros quadrados de área.

Entre os animais a superlotação de gatos preocupa.  A advogada Cristina Dias de Godoy diz que teme principalmente pela saúde das pessoas. “A cada ano que passa a gente vê mais gatos por aqui, eles atacam os passarinhos e ninguém sabe se estão doentes”, afirma.

Aclimação B

Banheiros interditados sem qualquer informação aos frequentadores do Parque da Aclimação

Dos quatro banheiros existentes apenas dois funcionam, os demais estão interditados. O advogado Luciano De Paoli diz que em dias de  maior  movimentação  a situação fica insustentável. “No feriado do dia das crianças a coisa ficou insuportável com apenas um banheiro funcionando. Foi um verdadeiro absurdo”, disse.

O “cachorródromo”, que foi inaugurado recentemente, era uma antiga reivindicação dos moradores do entorno do Parque da Aclimação. A manutenção é de responsabilidade do aposentado Roberto Xavier, 65, que faz tudo voluntariamente. Seu Roberto, como é conhecido, mantém o local limpo e a água dos animais sempre trocada.

Procurada a respeito dos problemas apontados, a prefeitura não se manifestou até o fechamento desta reportagem.

Ouça aqui a reportagem