Ao Vivo - Acompanhe os desdobramentos das chuvas que atingem São Paulo

Previsão para esta terça-feira, 11, é de mais chuva, mas sem a mesma intensidade das que provocaram grandes estragos na segunda-feira

Depois de uma segunda-feira de tempestade, a terça-feira, 11, começou com chuvas fracas em São Paulo e região metropolitana, que não chega a causar estragos. A manhã começou sem registros de alagamentos.

A previsão é que o dia inteiro continue com chuvas fracas a moderadas, sem riscos de tempestades.  

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) suspendeu o rodízio de veículos. Linhas do Metrô e da CPTM e operam normalmente. 

 

Acompanhe Ao Vivo

Caros leitores, agradecemos sua companhia nessa cobertura das chuvas que atingiram a cidade de São Paulo. 

Permissionários da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) trabalham nesta terça-feira, 11, para limpar as áreas afetadas pelas fortes chuvas que atingiram a capital nesta segunda-feira, 10.

Milhares de caixas de frutas tiveram de ser descartadas e os comerciantes ainda não conseguem estimar o prejuízo. Leia mais

Subiu para quatro o número de mortos durante os temporais que atingiram o interior de São Paulo desde a madrugada de segunda-feira, 10.

Na manhã desta terça, 11, o Corpo de Bombeiros encontrou os corpos de duas mulheres que estavam desaparecidas desde o dia anterior, quando o carro que ocupavam foi arrastado pela enchente do rio Capivari, na rodovia de acesso ao distrito de Vitoriana, em Botucatu.

Os corpos foram encontrados a 150 metros do veículo. Os bombeiros ainda buscam um homem que também estava no carro e continua desaparecido. Leia mais.

SITUAÇÃO DAS LINHAS DE METRÔ

 

Linha 1-Azul: Operação Normal

 

Linha 2-Verde: Operação Normal

 

Linha 3-Vermelha: Operação Normal

 

Linha 4 -Amarela: Operação Normal

 

Linha 5-Lilás: Operação Normal

 

Linha 15-Prata: Operação Normal

Rodízio de veículos permanece suspenso na tarde desta terça-feira. Tempo permanece nublado na capital paulista. Temperatura de momento é de 19ºC.

Sobe para 4 número de mortos em temporais no interior; há 1 desaparecido

 

 

Vítimas foram arrastadas pela chuva que atingiu São Paulo nesta segunda, 10

 

LEIA AQUI

 

Segundo a Defesa Civil do Estado de São Paulo, as chuvas de segunda-feira causaram vários transtornos, principalmente, nas regiões do Vale do Ribeira, Região Metropolitana de São Paulo, Osasco, Baixada Santista e Alto Tietê.

 

Até o momento, os municípios de Botucatu, Laranjal Paulista e Taboão da Serra decretaram situação de emergência. 

 

Decretada no início da semana passada, os municípios de Andradina, Salto, Santa Cruz da Esperança mantém a situação de emergência.

 

Em todo o Estado paulista, até o momento, foram contabilizados 142 desabrigados e 516 desalojados:

 

Araçariguama: 5 desalojados

 

Barueri: 3 desalojados

 

Botucatu: 80 desabrigados e 27 desalojados

 

Carapicuíba: 65 desalojados

 

Capivari: 27 desabrigados e 12 desalojados 

 

Cubatão: 2 desalojados

 

Juquiá: 3 desalojados

 

Peruíbe: 6 desabrigados e 100 desalojados

 

Pirapora do Bom Jesus: 120 desalojados

 

Taboão da Serra: 32 desalojados

 

Itaquaquecetuba: 100 desalojados 28 desabrigados

 

Itu: 16 desalojados e 16 desabrigados

 

Guarulhos: 40 desalojados 12 desabrigados

 

Jandira: 32 desalojados

 

Juquitiba: 1 desalojado

 

Salto: 6 desabrigados e contabilizando os desalojados

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a chuva das últimas 48 horas alcançou os 157mm em na cidade de São Paulo e acumulado do mês já chega aos 342,6 mm, superando a condição normal que é de 249,7mm.

 

Precipitação de chuva em fevereiro (Diária):

 

3,3 mm (1º.)

59,0 mm (2)

67,4 mm(3)

16,7 mm (4)

0,0 mm (5)

13,2  mm (6)

26,0 mm (7)

0,0 mm (8)

0,0 mm (9)

114,0 mm (10)

43,0 mm (11)

 

Soma dos primeiros onze dias é de 342,6 mm. 

Minutos Anteriores