Vizinhos desagradáveis

Vizinhos desagradáveis

Moro num condomínio de prédios de classe média alta na Rua Breno Ferraz do Amaral, no Ipiranga. Apesar de pagar IPTU de R$ 1.500, há dois depósitos de lixo ao redor. Um deles fica

, O Estadao de S.Paulo

06 Abril 2010 | 00h00

onde era o antigo incinerador de lixo. Todos os dias, inclusive de madrugada, entram caminhões para depositar lixo no local. O outro é o Ecoponto Ipiranga, onde deveria ter só lixo reciclável, mas não é o que ocorre. Por causa disso, há uma infestação de animais nocivos e mau cheiro. Na madrugada de 22/3,

o Ecoponto pegou fogo e para apagá-lo foram necessários 4 caminhões do Corpo de Bombeiros. Os moradores estão com medo e sugerem que o lugar, que fica debaixo do Viaduto

Santa Cruz, se transforme numa praça e que os gastos sejam pagos por eles.

J. ISMAEL MONTEIRO JUNIOR / SÃO PAULO

A Subprefeitura Ipiranga esclarece que a retirada dos materiais do Ecoponto Santa Cruz é frequente, mas há o descarte irregular quando o local está fechado, que é combatido por fiscais da subprefeitura com as Polícias Civil e Militar. As causas do incêndio ocorrido no Ecoponto, em 22/3, estão sendo apuradas e os responsáveis serão punidos. Diz ainda que ele está funcionando normalmente e atende às necessidades da população. O Departamento de Limpeza Urbana (Limpurb) informa que faz vistorias diárias ao transbordo e a concessionária vem desenvolvendo intervenções com o objetivo de minimizar os incômodos causados à população, entre eles, o treinamento e a fiscalização permanentes dos motoristas, adoção de um sistema de desodorização, etc. Diz que investe no projeto de modernização do transbordo, que deverá trazer benefícios ambientais e urbanísticos à região, eliminando os incômodos referentes ao odor e ao trânsito.

MULTA

Recurso inquestionável

Fui autuado em 2007 por avançar o sinal vermelho. Mas no horário descrito na multa estava dormindo e meu carro, na garagem. Apresentei recurso em 1.ª instância, solicitando o cancelamento da multa, mas ele foi indeferido. Apresentei recurso em 2.ª instância, incluindo a fita de segurança da garagem do edifício. Esse vídeo, com data e hora, mostra que o veículo esteve, de fato, toda a noite lá. Mas, mesmo assim, foi mantida a punição! Questiono a decisão, pois as provas são claras.

CLAUDIO BOCK / SÃO PAULO

O Detran não respondeu.

O leitor comenta: Até hoje

ninguém entrou em contato.

SABESP

Esgoto na rua

Desde o dia 14/3 estamos com problema de vazamento de esgoto de um bueiro em frente ao n.º 35, na Rua Imperador, Vila Rosa, em Franco da Rocha. Um dos moradores entrou em contato com a Sabesp, que enviou uma equipe no dia 16, porém os funcionários disseram que o problema era na caixa de esgoto e que iriam encaminhar o pedido de conserto para uma outra equipe. No dia 19/3 entrei em contato com a companhia e a atendente informou que já tinha enviado o pedido para o setor responsável e que o prazo era de 10 dias para o serviço. Achei um absurdo, pois a maioria da vizinhança tem filhos menores de 7 anos, que teriam de conviver com o esgoto na rua. No dia 20 liguei novamente e o funcionário protocolou novo pedido de conserto, mas até o dia 21/3 nada foi feito. Está impossível até de se alimentar por causa do mau cheiro.

GERSON GOMES

/ FRANCO DA ROCHA

O superintendente da Unidade de Negócio Norte da Sabesp, José Júlio Pereira Fernandes, informa que técnicos da Sabesp executaram em 24/3 a desobstrução no coletor de esgoto, normalizando

a situação.

O leitor diz: O ar por aqui voltou a ser o melhor.

AVIAÇÃO

Prejuízo dos clientes

Desejaria manifestar minha insatisfação com o procedimento da empresa WebJet. Com bastante antecedência, em 22/12/2009, comprei passagens de Guarulhos a Salvador para 5/3 e de Salvador a Guarulhos para o dia 8/3. Apenas dois dias antes da viagem, a empresa me enviou e-mail comunicando que os horários tinham sido alterados, em virtude da supressão dos voos antes programados, isto é, avisaram-me quando nada mais podia ser feito.

Essas alterações me ocasionaram inúmeros transtornos com transporte. Tive de gastar com táxi e, mesmo assim, a WebJet se recusa a me ressarcir. Tudo bem que a empresa, para salvaguardar seus lucros, faça seus remanejamentos, mas deixar seus clientes no prejuízo não

é justo!

ANTONIO NARDI / SÃO PAULO

A WebJet não respondeu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.