Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

Vítima de turbulência em voo da TAM passará por cirurgia

Homem de 59 anos sofreu fraturas no fêmur e no ombro esquerdo; 21 pessoas ficaram feridas

Solange Spigliatti, Central de Notícias,

26 Maio 2009 | 13h09

Uma das 21 pessoas que sofreram ferimentos em decorrência da turbulência enfrentada pela aeronave da TAM passará por cirurgia no Hospital Israelita Albert Einstein. O voo TAM JJ 8095 enfrentou uma forte turbulência quando se aproximava do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, na noite da segunda-feira, 25.

 

Francisco Celestino Garcia Junior, de 59 anos, será submetido a uma cirurgia para correção da fratura do fêmur e fará tratamento conservador (sem cirurgia) para correção da fratura do ombro. Ainda não há previsão de alta. Ele deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento do hospital à 0h15, com fraturas de fêmur e ombro esquerdo.

 

O incidente aconteceu por volta das 19h30, com o voo que vinha de Miami. O pouso aconteceu normalmente às 19h35, de acordo com a TAM.

 

Dezesseis passageiros e cinco comissários foram atendidos pelo corpo médico do aeroporto e estão recebendo a assistência necessária da companhia. Treze foram liberados imediatamente; e outros oito, encaminhados para hospitais. Desses, cinco já receberam alta, e três continuarão internados, com diagnóstico de fraturas, no Hospital Geral de Guarulhos, no Oswaldo Cruz e no Albert Einstein.

Mais conteúdo sobre:
TAM acidente turbulência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.