Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

São Paulo

São Paulo » Viaduto Santo Amaro ficará interditado após fogo

São Paulo

LUIZ CLAUDIO BARBOSA | PAGOS

Viaduto Santo Amaro ficará interditado após fogo

Técnicos vão avaliar se estrutura terá de ser demolida; neste domingo, Avenida dos Bandeirantes, sentido Imigrantes, foi liberada para o tráfego

0

Alexandre Hisayasu,
O Estado de S.Paulo

14 Fevereiro 2016 | 22h22

O Viaduto Santo Amaro, na zona sul de São Paulo, vai continuar interditado por tempo indeterminado. A estrutura ficou comprometida após um acidente envolvendo dois caminhões seguido de uma explosão, na manhã de sábado, 13.

Para os motoristas que usam a Avenida Santo Amaro, sentido bairro-centro, a CET sugere seguir pela Avenida Vieira de Morais, depois Avenida Vereador José Diniz, Avenida Ibirapuera e, por último, Avenida Santo Amaro. Os veículos com destino à Marginal do Pinheiros poderão seguir pela Avenida Jornalista Roberto Marinho.

Os motoristas que vão no sentido centro-bairro devem optar pela Rua Professor Vahia de Abreu, entrar à esquerda na Rua Nova Cidade, Rua Alvorada, à esquerda na Rua Manuel Dutra, Avenida dos Bandeirantes, sentido Imigrantes, e Rua Guaraiúva. A partir deste ponto, os carros com destino à Avenida Santo Amaro podem entrar na Rua Kansas ou na Nebraska, e os veículos com destino à Marginal poderão optar pela Avenida Jornalista Roberto Marinho.

Demolição. Segundo a Prefeitura, não está descartada a possibilidade de demolir parte do viaduto por causa dos danos causados à estrutura. Neste domingo, 14, funcionários da Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras trabalharam no escoramento da estrutura. Nos próximos dias, técnicos e engenheiros da Defesa Civil vão emitir laudos para decidir qual a melhor solução para o caso.

Segundo o coordenador da Defesa Civil, Milton Persoli, o trabalho é para diminuir os transtornos à cidade. “Claro que a maior prejudicada é a população e, principalmente, quem costuma usar esse trecho que ficou comprometido.”

O Departamento Jurídico do Município vai avaliar nos próximos dias se cabe uma ação contra o motorista que causou o acidente para que seja feito um ressarcimento dos cofres públicos.

Acidente. Segundo informações dos agentes que atenderam o caso, o motorista de um dos caminhões, que carregava açúcar, estava na Avenida dos Bandeirantes e não parou quando o semáforo fechou no acesso à Santo Amaro. Ele disse que foi fechado por um carro de passeio. O motorista do caminhão-tanque acelerou logo que o sinal abriu e não percebeu que o outro caminhão não conseguiria parar. Logo em seguida, houve a explosão.

O Corpo de Bombeiros foi chamado e conseguiu controlar o incêndio. Os motoristas tiveram ferimentos leves.

Logo após o acidente, técnicos e engenheiros da Defesa Civil e dos demais departamentos da Prefeitura trabalharam na recuperação da Avenida dos Bandeirantes para liberá-la para o tráfego o mais rápido possível. Tudo para evitar um trânsito caótico nesta segunda-feira por causa das interdições.

Neste domingo, segundo a Defesa Civil, foram montadas duas estruturas, uma em cada sentido da Avenida dos Bandeirantes, para suportar o peso do viaduto e poder liberar a via. Agentes da Prefeitura fizeram o trabalho de limpeza e recuperação da avenida, pois buracos foram formados na pista por causa da explosão.

Mais conteúdo sobre: