Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

São Paulo

São Paulo » Vereador e filho reagem a assalto e matam dois suspeitos em SP

São Paulo

Divulgação

São Paulo

PSDB

Vereador e filho reagem a assalto e matam dois suspeitos em SP

Salomão Pereira, do PSDB, voltava do Sambódromo por volta das 5 horas da manhã quando foi abordado

0

José Maria Tomazela,
SOROCABA

06 Fevereiro 2016 | 12h19

Atualizado às 14h17

Dois homens acusados de roubo foram mortos ontem na casa do vereador Salomão Pereira (PSDB). O vereador e seus filhos Michel e William contaram à polícia que entraram em luta corporal contra dois homens que invadiram a casa da família, no Jardim Bonfiglioli, zona oeste de São Paulo, na manhã de ontem.

Eles afirmaram que conseguiram desarmar um dos bandidos e o vereador usou a arma para atirar contra o suspeito. O assaltante teria sido atingido por três disparos e morreu na hora.

O outro suspeito teria tentado pegar uma faca e foi dominado pelo vereador e seus filhos. Durante a luta corporal, ele desmaiou. O homem chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Bandeirantes, mas também acabou morrendo. 

De acordo com o relato do vereador à Polícia Civil, ele voltava do Carnaval com a esposa e entrava com o carro em casa, quando os assaltantes o dominaram. O casal foi levado para o interior da residência e os dois filhos, que estavam dormindo, foram acordados.

Os suspeitos exigiam dinheiro e ameaçavam matar a família. Quando o homem que estava armado apontou o revólver para a cabeça do vereador e ameaçou atirar, Michel teria se atracado com ele. 

Após o desfecho, Pereira chamou a polícia. Ele alegou legítima defesa. A arma foi apreendida para perícia. O vereador e os filhos passariam por exames residuográficos. Ainda conforme a polícia, pelo menos um dos suspeitos já tinha passagem por assalto. 

 

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.