Vendedor não morreu em ataques na zona norte

Ao contrário do que o Estado informou na edição de ontem, o vendedor Dercy Guilhermino Marques não morreu na chacina na quarta-feira, na Vila Nova Galvão, zona norte de São Paulo. Ele foi ferido pelos disparos.

O Estado de S.Paulo

28 Julho 2012 | 03h02

A informação da morte de Marques, obtida na cena do crime, foi confirmada no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que depois desmentiu a informação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.