Reprodução
Reprodução

Veículo de campanha eleitoral atropela e mata meninos em bicicletas

Caminhão de som havia sido contratado para a campanha do prefeito de Paranapanema, mas não fazia trabalho eleitoral no momento do acidente

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

06 Setembro 2016 | 19h08

SOROCABA - Um caminhão de som usado para campanha eleitoral atropelou e matou dois meninos que andavam de bicicleta na rua, nesta terça-feira, 6, em Paranapanema, no interior de São Paulo. O veículo havia sido contratado para a campanha do prefeito da cidade, Antonio Nagayoshi (PV), candidato à reeleição, mas não fazia trabalho eleitoral no momento do acidente.

De acordo com testemunhas, o caminhão de som seguia por uma avenida do bairro CDHU e, ao adentrar, uma via secundária, atropelou os meninos, de 10 e 11 anos, respectivamente. Eles estavam de bicicleta na rua e foram arremessados a vários metros. As crianças morreram na hora. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Avaré.

O delegado da Polícia Civil no município, Roberto de Oliveira, mandou fazer uma perícia no local do acidente e no veículo. O motorista do caminhão, que passou mal após o acidente, recebeu atendimento hospitalar e foi liberado. De acordo com o delegado, ele não estava embriagado e tinha os documentos pessoais e do veículo em dia. 

O caso foi registrado como homicídio culposo e um inquérito vai apurar as causas do acidente. O prefeito não foi localizado. Segundo sua assessoria, o caminhão não estava a serviço da campanha no momento do acidente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.