Vazamento na marginal deixa 3,8 mil sem gás em Pirituba

Retroescavadeira danificou tubulação na região da Ponte do Piqueri; fornecimento deve ser nomalizado a 0h

Elvis Pereira, Central de Notícias

29 Junho 2009 | 18h52

A Comgás espera normalizar até a meia-noite desta segunda-feira, 29, o fornecimento de gás natural para 3,8 mil clientes residenciais de Pirituba, na zona noroeste de São Paulo. O abastecimento teve de ser suspenso após uma retroescavadeira danificar a tubulação no canteiro da Marginal do Tietê, na altura da Ponte do Piqueri. O vazamento de gás foi eliminado somente as 16h30, quase duas horas depois do incidente.

 

Veja também:

blog Acompanhe a situação do trânsito em SP

 

Por conta do vazamento, a Companhia de Engenharia de Tráfego interditou a pista local e duas das quatro faixas da pista expressa da Marginal do Tietê, no sentido da Rodovia Castelo Branco, entre 14h13 e 17 horas. A medida provocou um congestionamento de 15 quilômetros, até a Ponte da Aricanduva, na zona leste. Segundo a Comgás, o reparo na rede deve ser concluído até as 19h30, permitindo a retomada da distribuição do gás gradualmente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.