''Vale esquecer do carro e caminhar''

Entrevista[br][br]José Mauro Gnaspini, Diretor da Virada Cultural

Entrevista com

Filipe Vilicic, O Estado de S.Paulo

21 Abril 2010 | 00h00

José Mauro Gnaspini é referência quando se trata de opções de lazer em São Paulo. Desde 2005 na Secretaria Municipal de Cultura, ele é o homem por trás de festas como o Aniversário da Cidade e a Virada Cultural, cuja sexta edição ocorre em maio. "E gosto de aproveitar o que a metrópole oferece", diz. "Em feriados, prefiro permanecer por aqui, em vez de viajar. Uso a folga para pedalar, curtir programas sem encarar filas."

Qual é a melhor opção para quem quer passear no feriado?

Uma dica é caminhar. O trânsito calmo e as ruas sossegadas tornam o ambiente propício para andar por aí. É uma forma, aliás, de descobrir espaços.

O que vale conhecer?

O centro, por exemplo, é pouco explorado. As pessoas evitam a região por preconceito. Acham que é perigosa e não oferece atrações. Mas não é verdade.

O que há de bom para fazer lá?

Vale passear pela Galeria Olido (Avenida São João, 473) e pelo Parque da Luz, para ver as esculturas que lá estão.

E para quem mora distante do centro?

Que tal esquecer do carro, evitar shoppings e se livrar da clausura típica de São Paulo? Saia e descubra o que há de bacana perto de sua casa. Muitos nem conhecem as praças do bairro onde moram.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.