Unicamp começa processo para igualar salários de funcionários com a USP

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) inicia em julho o processo de isonomia salarial com a Universidade de São Paulo (USP). Em dois anos, a universidade quer equiparar os pisos salariais dos 7,7 mil funcionários de carreira, que estão com uma defasagem de até 56%, em alguns casos, desde 2011.

O Estado de S.Paulo

15 Junho 2013 | 02h06

Em julho o aumento será de até 15% dos pisos para todas as categorias: básico, médio e superior. Na primeira fase serão beneficiados 4,2 mil servidores. No segundo semestre, a Unicamp vai conceder reajuste de 5% para todos os servidores e a promoção de 20% deles.

O piso salarial de um funcionário no módulo fundamental na Unicamp atualmente é R$ 1.393,14 contra R$ 1.768,29 na USP. Na categoria superior, é de R$ 3.881,35 no interior e R$ 6.040,48 na capital.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.