1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Último dia de SPFW coloca Brasil na moda

Mariana Belley - O Estado de S.Paulo

05 Abril 2014 | 02h 03

Ellus e Wagner Kallieno fazem desfiles inspirados em elementos nacionais; Reinaldo Lourenço trouxe estilo londrino

Samuel Cirnansck encerrou a São Paulo Fashion Week Verão 2015 em clima de festa glamourosa. O estilista trouxe muitas cores e sensualidade à passarela com vestidos longos fluídos, ricos em bordados e transparência. Antes dele, Cauã Reymond havia arrancado gritos dos convidados ao cruzar a passarela da Ellus na tarde. A modelo transexual Lea T. dividiu a atenção com o ator e, juntos, protagonizaram uma selfie ao lado de Adriana Bozon, diretora criativa e Rodolfo Souza, responsável pela concepção e estilo.

A marca de jeanswear olhou para o Brasil para criar o verão 2015 e apostou em referências nada óbvias. Assim, criou um jeans prático e versátil como base para a coleção. As proporções são amplas, dedicando conforto, e as lavagens claras. "É o modo como as pessoas se vestem hoje, buscando praticidade em peças que atendam a suas necessidades cotidianas", explica Adriana Bozon. As bandeiras dos estados brasileiros aparecem nas estampas.

Mais cedo, Reinaldo Lourenço abriu o último dia de desfiles e foi buscar na excentricidade e na elegância do estilo londrino inspiração para criar uma coleção jovem, descomplicada, mas sofisticada, e com forte jogo de cores e texturas. A desconstrução do trench coat em calças, jaquetas, e saias longas e curtas é o foco central da coleção que trouxe também longos vestidos que ganhavam listras vazadas em recortes impecáveis. A excentricidade do estilo inglês está na mistura de estampas e na soma de referências.

Wagner Kallieno também olhou para o Brasil e sua estreia na passarela paulistana. Com 10 anos de carreira, o estilista apostou em uma coleção em que sensualidade e elegância caminham juntas. Para isso, o sol do Nordeste e as sensações despertadas por ele são o ponto de partida para o verão 2015. Kallieno explica: "Falo das minhas raízes. Fui buscar o que temos de mais rico: os bordados de caicó, pedrarias com madeira, madrepérola, fibras naturais, linho, seda pura. Mas tudo isso com um olhar universal." O midi é o comprimento da temporada e aparece em quase todas as peças em shape lápis, bem rentes ao corpo. Fendas e generosos decotes conversam com uma mulher sexy e feminina. Destaque para o conjunto saia lápis e moletom.