Trens na Linha 2-Verde do Metrô operam com velocidade reduzida

Alimentação elétrica dos trens está prejudicada por conta do rompimento de um cabo proveniente da subestação Barra Funda, ocorrido na tarde da última sexta-feira, 9

Solange Spigliatti, do estadão.com.br,

12 Dezembro 2011 | 08h40

SÃO PAULO - Os trens na Linha 2-Verde do Metrô (Vila Prudente-Vila Madalena) ainda operavam com velocidade reduzida por volta das 8h15 desta segunda-feira, 12, por conta do rompimento de um cabo de alimentação elétrica proveniente da subestação Barra Funda, ocorrido na tarde da última sexta-feira, 9.

De acordo com a empresa, o rompimento foi provocado por operários de uma empresa que executam obras de uma galeria de águas pluviais para a Prefeitura de São Paulo, na região da Barra Funda (na confluência das ruas Júlio Gonzales e Pedro Machado), na zona oeste.

A alimentação elétrica da Linha 2 é feita por duas subestações elétricas (Tamanduateí e Barra Funda) e por conta do incidente a alimentação da Linha está sendo realizada apenas pela subestação Tamanduateí. A previsão é que o reparo seja concluído ao longo dia de hoje.

Segundo o metrô, por conta da lentidão, a Linha 1-azul (Tucuruvi-Jabaquara) também operava com restrição de velocidade. Nas estações de integração, a do paraíso e Ana Rosa, os trens das duas linhas estão operando com horários simultâneos para que não haja aglomeração nas plataformas.

Mais conteúdo sobre:
metrô linha 2-Verde energia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.