Trem descarrila, nove vagões tombam e óleo diesel vaza em Jumirim

Por causa do vazamento, há risco de incêndio e de contaminação de um córrego, afluente do Rio Sorocaba; acidente não causou vítimas

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

05 Julho 2015 | 15h39

SOROCABA - Um trem de cargas descarrilou e nove vagões tombaram, na manhã deste domingo (5), no município de Jumirim, interior de São Paulo. Dois vagões-tanques, carregados com óleo diesel, vazaram. Equipes dos bombeiros de Sorocaba e de Tietê conseguiram estancar o vazamento de um dos vazões, mas o outro, com 67 mil litros de combustível, continuava com vazamento às 15 horas. Havia risco de incêndio e de que o óleo diesel atingisse um córrego, afluente do Rio Sorocaba.

Com o uso de máquinas, os bombeiros abriram valas e construíram diques para conter o combustível. Técnicos da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) acompanhavam a operação. Abaixo da foz do córrego, as águas do Rio Sorocaba são captadas para abastecimento de Laranjal Paulista. De acordo com o Corpo de Bombeiros de Sorocaba, a linha está interditada. O acidente não causou vítimas.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.