Tráfico mata mulher que atropelou grávida e filha

VIOLÊNCIA NO RIO

, O Estado de S.Paulo

25 Abril 2010 | 00h00

A dona de casa Pamela Costa, de 24 anos, foi executada a tiros na noite de sexta-feira por traficantes na Favela Nova Holanda, em Macaé, no Norte Fluminense, depois de atropelar e matar uma criança e ferir gravemente a mãe da vítima, que estava grávida. Raíssa da Silva, de 8 anos, não resistiu. A mãe dela, Silmara, perdeu o bebê e permanece em estado grave. Segundo a Polícia Militar, a atropeladora estaria alcoolizada após celebrar o seu aniversário em uma festa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.