Tiroteio deixa dois bandidos mortos e menina baleada na zona sul de SP

Criminosos roubaram veículo de casal; confronto ocorreu na entrada da Favela da Rocinha

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

30 Dezembro 2011 | 02h39

SÃO PAULO - Dois bandidos morreram, três conseguiram fugir e uma adolescente de 13 anos, de prenome Bianca, foi baleada, às 22h45 de quinta-feira, 29, durante uma troca de tiros precedida de uma perseguição policial pelas ruas do Campo Belo e Vila Santa Catarina, na zona sul de São Paulo.

 

Armados, cinco bandidos, ocupando um Corolla e um Astra, abordaram um casal libanês na Avenida Itacira, no Campo Belo, e roubaram da vítimas um Mercedes Benz prata, modelo C-320. Policiais militares do 3º Batalhão foram acionados e, durante a perseguição, pediram apoio de viaturas do 12º Batalhão no momento em que os criminosos, já divididos nos três veículos, entraram na região da Vila Santa Catarina. Na Rua Manuel Cherém, entrada da Favela da Rocinha, houve o tiroteio. Dois bandidos foram baleados e mortos no local.

 

Com eles, foram apreendidas duas armas. Os demais criminosos fugiram e teriam deixado um segundo veículo próximo à favela. A adolescente, que passava pelo região do tiroteio após comprar balas em um bar, foi atingida na parte superior do ombro, próximo à nuca. Encaminhada ao pronto-socorro do Jabaquara, foi medicada e liberada para prestar depoimento no 27º Distrito Policial, do Campo Belo. Na delegacia, a garota voltou a não se sentir bem, desmaiou e foi levada para o Hospital São Paulo.

 

Por se tratar de resistência seguida de morte, o caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

 

 

Texto atualizado às 4h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.