Hélvio Romero/Estadão
Hélvio Romero/Estadão

Tire as dúvidas sobre a multa de água

Sobretaxa começou a ser cobrada nesta quinta; saiba quem está isento e como recorrer da cobrança

O Estado de S. Paulo

08 Janeiro 2015 | 22h59

Começou a valer nesta quinta-feira, 8, a multa da água na Grande São Paulo. A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) recebeu da agência reguladora autorização para cobrar sobretaxas de 40% e 100% de clientes que gastarem mais água neste ano do que antes da crise hídrica, declarada pelo governo em janeiro de 2014.

1.Quem está isento? 

Quem consome até 10 mil litros por mês, hospitais, prontos-socorros, delegacias, presídios e a Fundação Casa. 

2.Quando começa a contar o consumo para a multa?

Começou nesta quinta, 8, e as primeiras contas com a sobretaxa chegam no dia 9 de fevereiro.

3. E se a leitura de consumo começou antes do dia 8?

A sobretaxa proporcional virá na conta de março.

4.Quem pode recorrer? 

Aqueles que tiveram aumento de moradores do imóvel, que mudaram de imóvel ou que ampliaram o comércio. 

5.Como recorrer?

O cliente deve ir a uma das 64 agências da Sabesp na Grande São Paulo com documentos que justifiquem o aumento, como certidões de nascimento e casamento, contas de energia de dezembro de 2013 e atual, contrato de aluguel ou de compra do imóvel.

Mais conteúdo sobre:
crise da água Sabesp São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.