Tendência em SP é adotar coletivo maior, diz SPTrans

O diretor de Gestão Econômico-Financeira da São Paulo Transporte (SPTrans), Adalto Farias disse que novas faixas exclusivas e corredores estimulam a compra de ônibus de maior capacidade. "A tendência é de mais veículos articulados."

16 Junho 2013 | 23h42

Neste domingo, 16, o Estado mostrou que, desde 2004, a receita tarifária cresceu 30% e os passageiros 80%, mas a frota encolheu. Para Adalto, isso se explica parcialmente por causa dos ônibus maiores. "Os lugares aumentaram de 20% a 25%."

Ele disse que o total de passageiros em 2004 foi subnotificado pois havia veículos sem catracas e transferências gratuitas não contabilizadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.