Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Tática de grevistas envolveu bloqueios e piquetes

Em grupos, motoristas e cobradores ameaçavam colegas e exigiam que parassem os veículos; coletivos foram enfileirados na saída de dez terminais

Laura Maia de Castro , O Estado de S. Paulo

21 Maio 2014 | 22h53

SÃO PAULO - Durante toda a manhã, dezenas de ônibus desembarcavam passageiros fora dos pontos e estacionavam ao longo de três importantes vias da zona oeste da cidade: Avenida Brigadeiro Faria Lima, Avenida Rebouças e Rua Teodoro Sampaio. Motoristas que aderiram à greve faziam uma espécie de piquete na esquina das Avenidas Rebouças e Faria Lima, indicando aos coletivos que passavam pela via para parar o veículo.

O trânsito na região ficou complicado e era possível ver uma fila quilométrica de ônibus de diferentes empresas com o pisca-alerta ligado. Inconformados, passageiros que tiveram de descer reclamavam da situação. Um cobrador que não quis ser identificado disse que os motoristas estavam abordando os ônibus que ainda circulavam e ameaçando depredar o coletivo, caso não estacionasse. "Meu ônibus estava passando por volta das 9h na Faria Lima, quando alguns companheiros de trabalho da Santa Brígida disseram para nós pararmos e avisaram que, se a gente fosse até o Terminal Pinheiros, ia ter depredação por lá."

A mesma tática foi realizada em outras regiões da cidade. A Avenida Domingo de Souza Marques, na Vila Jaguara, foi fechada por motoristas ligados às Viações Santa Brígida e Sambaíba, prejudicando o trânsito de caminhões de cerca de 30 transportadoras da região. Na Avenida Inajar de Souza, sentido Freguesia do Ó, os manifestantes adotaram atitude parecida com a de Pinheiros: desligaram os ônibus no corredor que fica próximo da Rua Bartolomeu de Canto e deixaram os passageiros descerem.

De acordo com a São Paulo Transporte (SPTrans), havia bloqueios feitos com ônibus enfileirados nos Terminais Mercado, Lapa, Pinheiros, Pirituba, Casa Verde, Sacomã, Santo Amaro, João Dias e Vila Nova Cachoeirinha. Os Terminais Parque Dom Pedro II, Princesa Isabel, Santana, Barra Funda, Jardim Britânia, Grajaú, Capelinha, Guarapiranga, Aricanduva e A.E. Carvalho estavam abertos, mas havia oferta de ônibus inferior à registrada em dias de operação normal do sistema.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.