Suspeito morre ao trocar tiros com PMs em pizzaria da zona sul

Policial militar à paisana teria percebido ação de três criminosos e dado voz de prisão a eles, que reagiram; dois estão foragidos

Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

12 Janeiro 2015 | 08h14

SÃO PAULO - Um assaltante morreu após trocar tiros com policiais militares em uma pizzaria na zona sul da capital paulista, na madrugada desta segunda-feira, 12. Outros dois criminosos fugiram do local.

Segundo a Polícia Militar, três homens, que chegaram em duas motos, entraram no estabelecimento, localizado na Avenida Doutor Lino de Moraes Leme, no Campo Belo, por volta da 1h10, e anunciaram o assalto. Os funcionários e o dono da pizzaria se preparavam para fechar o restaurante.

Um policial à paisana teria percebido a ação dos criminosos, chamado reforço e, segundo a PM, dado voz de prisão aos assaltantes. Os criminosos, no entanto, teriam reagido à abordagem e atirado contra o oficial.

Durante o tiroteio, um dos assaltantes foi atingido por dois disparos. Ferido, ele não resistiu e morreu no local. Os outros dois comparsas fugiram com as motos e estão foragidos. De acordo com a PM, não há informações de oficiais feridos. O caso foi registrado no 27º Distrito Policial (Campo Belo).

Mais conteúdo sobre:
São Paulo Violência Campo Belo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.