Suspeito de matar tio e sobrinho em pizzaria da Zona Norte se entrega

Kelvin Silva Rocha, de 19 anos, compareceu voluntariamente à delegacia na manhã desta quarta-feira. Ele nega o crime, mas foi reconhecido por sete testemunhas

Tiago Dantas, O Estado de S. Paulo

12 Junho 2013 | 18h11

SÃO PAULO - A Polícia Civil pediu a prisão temporária de Kelvin Silva Rocha, de 19 anos, acusado de matar duas pessoas durante o roubo de uma pizzaria na Vila Nova Cachoeirinha, zona norte da capital, no domingo. Rocha compareceu voluntariamente à delegacia na manhã desta quarta-feira, 12. Ele nega a participação no crime.

Sete testemunhas reconheceram Rocha como o autor dos disparos que mataram Reinaldo Vizoni, de 51 anos, e seu sobrinho, Felipe Vizoni, de 19. De acordo com a polícia, não há dúvidas de que o acusado é o homem que aparece segurando duas armas nas imagens das câmeras de segurança.

Na madrugada de segunda-feira, 11, Alef Alves Ferreira, também de 19 anos, havia sido preso como cúmplice. Embora também negue a participação no roubo, ele também foi reconhecido pelas testemunhas. Os dois suspeitos moram a menos de 500 metros da pizzaria.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.