Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

São Paulo

São Paulo » Suspeita de bomba interdita Paulista por mais de 2 horas

São Paulo

Cristiano Ribeiro (@christianonow)/Instagram/Reprodução

Suspeita de bomba interdita Paulista por mais de 2 horas

Polícia Militar descartou se tratar de artefato explosivo e afirmou que dentro de bolsa abandonada havia pedaços de papel e isopor

0

Felipe Resk,
O Estado de S. Paulo

11 Fevereiro 2016 | 09h10

SÃO PAULO - Uma suspeita de bomba interditou a Avenida Paulista, na região central da capital paulista, na altura da Alameda Joaquim Eugênio de Lima, por mais de duas horas na noite desta quarta-feira, 10. Acionada, a Polícia Militar descartou se tratar de um artefato explosivo.

De acordo com a PM, uma mochila foi abandonada no local e a região precisou ser isolada entre a Alameda Casa Branca e a Avenida Brigadeiro Luiz Antônio por volta das 22 horas. O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) inspecionou o objeto e constatou que, dentro da bolsa, havia pedaços de papel e isopor. 

O bloqueio foi desfeito por volta de 0h20. O suspeito de ter deixado a mochila no local ainda não foi identificado.

Histórico. Em outubro, uma mala abandonada em um ponto de táxi ao lado do Itaú Cultural também interditou a Avenida Paulista por cerca de três horas. Dentro dela, havia um botijão de gás acoplado e um relógio.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.