1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Suspeita de bomba interdita Paulista por mais de 2 horas

- Atualizado: 11 Fevereiro 2016 | 09h 12

Polícia Militar descartou se tratar de artefato explosivo e afirmou que dentro de bolsa abandonada havia pedaços de papel e isopor

SÃO PAULO - Uma suspeita de bomba interditou a Avenida Paulista, na região central da capital paulista, na altura da Alameda Joaquim Eugênio de Lima, por mais de duas horas na noite desta quarta-feira, 10. Acionada, a Polícia Militar descartou se tratar de um artefato explosivo.

De acordo com a PM, uma mochila foi abandonada no local e a região precisou ser isolada entre a Alameda Casa Branca e a Avenida Brigadeiro Luiz Antônio por volta das 22 horas. O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) inspecionou o objeto e constatou que, dentro da bolsa, havia pedaços de papel e isopor. 

O bloqueio da Avenida Paulista foi desfeito por volta de 0h20

O bloqueio da Avenida Paulista foi desfeito por volta de 0h20

O bloqueio foi desfeito por volta de 0h20. O suspeito de ter deixado a mochila no local ainda não foi identificado.

Histórico. Em outubro, uma mala abandonada em um ponto de táxi ao lado do Itaú Cultural também interditou a Avenida Paulista por cerca de três horas. Dentro dela, havia um botijão de gás acoplado e um relógio.

 

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em São PauloX