SP entra em estado de atenção por baixa umidade do ar

Nesta tarde, capital registrou mínima de 30% em todas as regiões; veja cuidados para a saúde

Priscila Trindade, da Central de Notícias

19 Abril 2010 | 19h51

SÃO PAULO - A cidade de São Paulo entrou em estado de atenção nesta segunda-feira, 19, em razão da baixa umidade relativa do ar, segundo informou o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura.

 

Segundo o órgão, existe necessidade de decretar estado de atenção quando os índices de umidade estão entre 20% e 30%. Hoje à tarde, a capital registrou mínima de 30% em todas as regiões. O CGE destacou que o decreto é feito pela Defesa Civil municipal de acordo com dados da escala do Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura (Cepagri/Unicamp).

 

A escala aponta ainda quais cuidados devem ser tomados com a saúde. Entre eles estão: Evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11 e 15 horas, consumir água à vontade, sempre que possível permanecer em locais protegidos do sol e umidificar o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, molhamento de jardins. Após o estado de atenção, a cidade pode entrar em alerta (12 a 20%) e emergência (abaixo de 12%).

Mais conteúdo sobre:
umidade do ar tempo seco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.