Sobram opções de diversão específicas para os mais velhos

Sobram opções de diversão específicas para os mais velhos

"Não falta programação cultural para a gente. Falta é divulgação", diz a empresária Maria Sonia Bianchini, de 75 anos. A julgar pela abundância de eventos culturais da cidade ? para todas as idades ?, Sonia tem razão.

, O Estadao de S.Paulo

04 Abril 2010 | 00h00

Em 2009, foram 92 eventos voltados à terceira idade nas bibliotecas municipais, com palestras, oficinas, teatro e dança. Foram mobilizadas 4.683 pessoas. As bibliotecas atendem pelo telefone (11) 3675-7916.

Além das bibliotecas, outras entidades estão de olho nesse público. É o caso da Casa das Rosas ? (11) 3285-6986 ? que às terças-feiras, até o dia 13, das 15 às 17 horas, promove Chá com Histórias ? narrativas orais.

O projeto PraLer, da Secretaria Estadual da Cultura ? (11) 3331-5549 ?, tem atividades em parques, museus, bibliotecas e outros espaços, sempre com agendamento prévio dos grupos.

O Instituto Paulista de Geriatria e Gerontologia ? (11) 2030-4000 ? oferece aulas de pintura, canto e dança de salão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.