1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Sobe para 20 o número de mortos em Itaoca, no interior de São Paulo

17 Janeiro 2014 | 18h 22

Entre as vítimas estão um adolescente de 15 anos e uma criança de 9

SOROCABA - Subiu para 20 o número de mortes confirmadas até o final da tarde desta sexta-feira, 17, em decorrência do temporal que atingiu o município de Itaoca, no sudoeste paulista, na última segunda-feira, 13. Os corpos de Arlindo de Jesus da Silva, de 39 anos, Samuel dos Santos Cardoso, 15, e Suelen dos Santos Pontes, 9, foram localizados e sepultados nesta sexta.

O número também inclui o agricultor Dimas de Oliveira Mota, de 45, que estava internado desde a manhã da tragédia em um hospital de Itapeva e morreu também nesta sexta-feira.

 

Prejuízo. Pode chegar a R$ 13 milhões, valor de todo o orçamento do município previsto para 2014, o prejuízo deixado pela tromba d'água que atingiu Itaoca. De acordo com o prefeito Rafael Rodrigues de Camargo (PSD), a estimativa dos prejuízos leva em conta os danos já levantados na rede urbana, em propriedades particulares e na zona rural, incluindo as seis pontes que foram levadas pelas águas.

Conforme os dados da prefeitura, 19 casas foram completamente destruídas, cerca de 80 foram danificadas e mais de uma centena precisam de algum tipo de reparo. O sistema viário foi afetado parcialmente na área urbana e, na zona rural, algumas estradas sumiram do mapa. Segundo o prefeito, o município não tem recursos para reconstruir a cidade. "Sem o apoio firme do governo estadual e do governo federal não vamos conseguir." Camargo acredita que, se houver a liberação de verbas emergenciais, será possível refazer o que foi destruído em seis meses. "Podemos deixar a cidade até melhor do que era."