Só pra contrariar!

Quem conhece bem o Dunga sabe que ele não tem nada pessoal contra o Neymar, como pode dar a entender sua indiferença ao clamor nacional pela convocação do moleque. O técnico da Seleção não gosta de futebol! Ainda mais quando ele é jogado com alegria, leveza, ousadia e arte - daí sua indisfarçável irritação com esse time do Santos. É que, não fossem os meninos da Vila, o brasileiro teria desistido de vez de ir aos estádios em 2010. E Dunga, como se sabe, também não gosta de torcedor, ainda mais nas arquibancadas!

Tutty Vasques, O Estado de S.Paulo

17 Abril 2010 | 00h00

Poderia até levar o Neymar para a Copa da África do Sul só para nos surpreender, se divertir com um calouro no grupo ou no futuro - quem sabe! - dizer aos netos que foi ele que inventou o craque na Seleção. Mas Dunga não gosta de surpresa, brincadeira e muito menos de invenção. Faltando ainda 23 dias para convocar a Seleção e encerrar o assunto, o técnico já avisou que não vai discutir sua decisão com a imprensa por uma razão muito simples: ele tem verdadeiro horror a jornalistas.

O leitor deve estar se perguntando qual é, então, o prazer do cara na profissão. Espera só pra ver o que ele vai dizer na nossa lata se o Brasil for hexa sem o Neymar. Vamos ter que engoli-lo! - Dunga adora essa parte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.