Site de compras coletivas ajuda na expansão

A popularização dos sites de compras coletivas neste ano também colaborou para a expansão da rede hoteleira no litoral de São Paulo. Os descontos oferecidos pela internet ajudaram a acabar ou reduzir a famosa "farofa".

Adriana Ferraz, O Estado de S.Paulo

25 Dezembro 2011 | 03h01

"As classes C e D, que começam a consumir turismo, experimentam primeiro as viagens rodoviárias. E já trocam o bate-volta por uma diária em hotel ou pousada, muitas vezes adquirida em sites de compras coletivas", diz o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado de São Paulo (ABIH-SP), Bruno Omori.

Segundo ele, o mercado ainda está se adaptando para atender à adesão da nova classe média. "Com opções variadas e boas ofertas, esse público começa a perceber que vale a pena deixar a 'farofa' de lado. O custo-benefício vale a pena, até em relação à locação de casas ou apartamentos. Nos hotéis, não é preciso arrumar ou limpar nada. Todo o tempo da viagem é gasto para diversão", afirma.

A conta, no entanto, aumenta muito na temporada. Os valores das diárias chegam a dobrar no período. Além disso, a inflação de verão atinge toda a rede de serviços, incluindo restaurantes e estacionamentos. Até o coco da praia fica mais caro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.