Hélvio Romero/Estadão
Hélvio Romero/Estadão

Sistema Anhanguera-Bandeirantes deve receber 830 mil veículos no feriado

No primeiro levantamento divulgado na manhã desta quarta-feira pela concessionária que administra as rodovias, foram registrados quatro acidentes, sem vítimas fatais

Chico Siqueira, Especial para O Estado

30 Abril 2014 | 17h40

A Autoban - concessionária que administra o Sistema Anhanguera-Bandeirantes - prevê que 830 mil veículos devem circular pelas rodovias nos cinco dias do feriado do Dia do Trabalho. De acordo com a concessionária, os motoristas devem evitar os horários de picos, previstos, na ida, das 16 às 21 horas desta quarta-feira, 30, e das 9 às 13 horas de quinta-feira, 1º, e na volta, das 15 às 22 horas de domingo.

O volume de tráfego não pode ser comparado com o feriado de 1° de maio do ano passado, que caiu numa quarta-feira, não sendo prolongado. Mas deverá ser 5% menor do que o registrado no feriadão de Páscoa e Tiradentes, quando 875 mil veículos transitaram nos dois sentidos entre a Capital e Interior.

No primeiro levantamento, divulgado na manhã desta quarta-feira, 30, a concessionária registrou quatro acidentes, sem vítimas fatais, contabilizados entre 0h e 11h30 desta quarta-feira. No feriadão de Páscoa e Tiradentes, foram registrados 114 acidentes, com 64 feridos e oito mortos.

A concessionária ressalta que a Operação Caminhão, que tem objetivo de melhorar a distribuição do tráfego de veículos no sistema, será realizada na quinta e domingo, das 14 às 22 horas. Os caminhões com destino à capital deverão utilizar a Via Anhanguera no trecho do km 48 ao km23, entre Jundiaí e São Paulo, com acesso pela saída 48 da Bandeirantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.