Shoppings estão no alvo

Pelo menos três testemunhas, em depoimentos ao Ministério Público Estadual, denunciaram supostos pagamentos de propina ao ex-diretor do Aprov Hussain Aref Saab para ganhar vantagens indevidas. Todas são ex-funcionários da Brookfield Gestão de Empreendimentos (BGE), empresa que controla cinco shoppings da capital investigados pela promotoria: Pátio Higienópolis, Pátio Paulista, Shopping Raposo, Shopping Villa-Lobos e West Plaza. No caso do Higienópolis, Aref teria recebido cerca de R$ 1 milhão durante as obras de ampliação do empreendimento, em 2009. A empresa e o shopping negam irregularidades e supostos pagamentos. O ex-diretor também afirma que as acusações são falsas.

O Estado de S.Paulo

26 Julho 2012 | 03h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.