Shopping SP Market poderá reabrir parcialmente nesta quarta

Após novo desabamento, Prefeitura determina que local repare sistema contra incêndio para voltar a funcionar

Cristiane Bomfim, do Jornal da Tarde,

24 Novembro 2009 | 17h43

O Shopping SP Market, situado na zona sul da capital paulista, permanecerá fechado até a manhã desta quarta-feira, 25, quando passará por uma vistoria do Corpo de Bombeiros e de técnicos da Secretaria de Controle Urbano.

 

De acordo com o prefeito Gilberto Kassab, o shopping - que está interditado desde sábado, após um desabamento que deixou oito feridos - será parcialmente reaberto e, mesmo assim, somente após a constatação de que foram feitos reparos em dois itens: os sprinklers (dispositivo para lançar água se houver chamas) e o alarme de incêndio, que não estavam funcionando.

 

Se esses itens estiverem reparados, a liberação ocorrerá apenas na área do shopping que não foi atingida pelo desabamento. As lojas onde houve o acidente e o Parque da Xuxa - onde foram identificados problemas no telhado - continuarão interditados, sem previsão de liberação.

 

De acordo com o prefeito, essas lojas devem ser reabertas só no ano que vem, pois será necessário um prazo, de 90 a 120 dias, para que o façam todas as alterações necessárias.

 

A obra que estava sendo realizada pelo shopping e que causou o acidente ficará paralisada e só poderá ser retomada com a apresentação de um plano de execução de obras e um laudo sobre a estrutura do telhado.

Mais conteúdo sobre:
SP Market

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.