Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

'Sexta sem Carro' fecha ruas do centro de SP para carros e motos

Vias ficam liberadas apenas ônibus, táxis, veículos escolares e bicicletas; confira os desvios recomendados pela CET

O Estado de S.Paulo

23 Março 2018 | 06h40

SÃO PAULO - A prefeitura de São Paulo fecha as ruas do Centro Histórico da cidade para carros e motos a partir das 6h desta sexta-feira, 23. Em mais uma edição da “Sexta sem carro”, a região ficará interditada até às 18h. Ônibus, táxis, veículos escolares e bicicletas poderão circular pelo local.

O bloqueio ocorre em toda a extensão da Rua Boa Vista, Ladeira Porto Geral, Largo de São Bento, Rua Líbero Badaró, Viaduto do Chá e em trecho da Rua Florêncio de Abreu (entre Ladeira da Constituição e Rua Boa Vista).

+++ Em 1 ano, uso do principal serviço de compartilhamento de bike cai 41,8%

De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), há faixas no local para orientar os motoristas. A iniciativa busca incentivar o uso de bicicletas na capital e promove passeios gratuitos pelas ruas do Centro Velho. Mais informações: http://bit.ly/biketoursp_na-sexta-sem-carro

+++ Doria quer disponibilizar 10 mil bicicletas compartilhadas em um ano em SP

Bloqueios. Praça da Sé com Rua Venceslau Brás;

Praça da Sé com Rua Floriano Peixoto;

Rua Coronel Xavier de Toledo com Viaduto do Chá;

Rua Florêncio de Abreu com Ladeira da Constituição.

Alternativas.

Sentido Praça da Sé/Praça Ramos de Azevedo: Rua Senador Feijó, Rua Cristóvão Colombo, Rua Riachuelo, Túnel Papa João Paulo II, Avenida Prestes Maia, Avenida Senador Queirós, Avenida Ipiranga, Avenida São Luís, Rua Coronel Xavier de Toledo e Praça Ramos de Azevedo.

Sentido Praça Ramos de Azevedo/Praça da Sé: Rua Conselheiro Crispiniano, Avenida São João, Avenida Ipiranga, Avenida São Luís, Viaduto Nove de Julho, Viaduto Jacareí, Rua Maria Paula, Viaduto Dona Paulina, Praça Dr. João Mendes, Rua Anita Garibaldi, Rua Roberto Simonsen, Rua Venceslau Brás e Praça da Sé.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.