Sete policiais ficam feridos após ataque a base no litoral de SP

Soldados estavam em base móvel quando foram supreendidos por um grupo, que atirou pedras e garrafas

Reginaldo Pupo, O Estado de S. Paulo

01 Janeiro 2015 | 17h47

CARAGUATATUBA - Ao menos sete policiais militares ficaram feridos no início da madrugada desta quinta-feira,1, após serem encurralados por uma multidão na festa de Réveillon que acontecia na Avenida da Praia, em Caraguatatuba, litoral norte de São Paulo.

Por volta de 1h30, os cerca de 20 soldados que estavam em uma base móvel localizada em posto de combustível foram cercados e atacados por dezenas de pessoas, que atiraram pedras e garrafas.

Segundo a Polícia Militar, sete pms foram atingidos e outras pessoas também tiveram ferimentos, mas a Corporação não soube informar a quantidade. Vários pedidos de socorro foram feitos pelos policiais encurralados via rádio a outras viaturas que estavam na região central da cidade. Mas devido à quantidade de carros e pessoas que estavam na avenida para ver a queima de fogos, o reforço conseguiu chegar apenas 30 minutos depois.

Com a chegada das viaturas, muitos policiais fugiram a pé pelas ruas centrais, e com rádios em mãos, pediram socorro para serem resgatados. Os sete policiais foram encaminhados à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com ferimentos leves. Segundo a PM, cinco pessoas foram detidas. Elas seriam responsáveis pela confusão e por atirar garrafas nos policiais. Foram ouvidas e liberadas.

Clientes agredidos. Na mesma avenida, por volta das 3h30, vários clientes de um quiosque foram agredidos, sem motivo aparente, por um grupo de pessoas que invadiu o estabelecimento. Alguns clientes ficaram feridos e um senhor precisou ser socorrido à UPA para atendimento, com cortes no rosto.

A Polícia Militar registrou durante o Réveillon diversas ocorrências no litoral norte envolvendo assaltos à mão armada a turistas, um sequestro relâmpago em Caraguatatuba, roubo e furto de veículos e agressões.

Turistas assaltados. Turistas que estavam acampados em um camping no bairro de Ubatumirim, em Ubatuba, foram surpreendidos por seis pessoas que realizaram um assalto. Os bandidos fugiram levando dinheiro, celulares, notebooks e outros pertences dos turistas. Havia 17 hóspedes no local.

Um dos celulares roubados tinha rastreador, o que possibilitou que a Polícia Militar pudesse localizar o bando. Quatro homens e duas mulheres foram presas em flagrante. Elas eram casadas com dois dos bandidos. Todos eles tinham passagens pela polícia por roubo e furto, cometidos no litoral norte. Os pertences foram recuperados e com o bando a polícia apreendeu uma arma.

Mais conteúdo sobre:
Segurança Polícia Militar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.