São Paulo entra em estado de atenção para baixa umidade do ar

Situação aumenta os riscos para doenças respiratórias; previsão é de temperaturas ainda mais altas nesta terça

O Estado de S. Paulo

12 Setembro 2016 | 16h10

SÃO PAULO - A cidade de São Paulo entrou em estado de atenção para a baixa umidade do ar na tarde desta segunda-feira, 12. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), às 14h37 a capital paulista registrou índice de umidade de apenas 30%. 

“A tendência é de declínio da umidade”, explica o meteorologista do CGE Thomaz Garcia. “Várias estações da capital registraram índices pouco abaixo dos 30%”, acrescenta. A baixa umidade do ar é um fator de risco sobretudo para doenças respiratórias. 

Mudança. Segundo Garcia, a previsão também é de tempo seco nesta terça, com temperaturas ainda superiores às registradas nesta segunda. Mas os meteorologistas alertam que uma nova frente fria deve mudar o tempo em São Paulo já a partir desta noite. 

De acordo com a empresa Climatempo, esse sistema vai provocar um pouco de chuva, o que vai melhor a qualidade do ar e amenizar o calor. A semana será marcada por uma grande variação do tempo no centro-sul do País. Um novo sistema de baixa pressão atmosférica está ganhando força sobre o Uruguai e a chuva já começou a retornar ao Rio Grande do Sul, em áreas próximas da fronteira.

Mais conteúdo sobre:
SÃO PAULO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.