Saída de Natal deve ser entre 22h e 6h

Expectativa é de que, apenas entre amanhã e sábado, 1,5 milhão de veículos deixem a cidade; rodízio será suspenso a partir de amanhã

BRUNO RIBEIRO, O Estado de S.Paulo

22 Dezembro 2011 | 03h02

As avenidas que formam o minianel viário da cidade e as ligações leste-oeste e norte-sul terão um esquema especial de monitoramento de trânsito a partir de hoje, para evitar o caos nas ruas na saída do paulistano para o litoral e para o interior neste feriado de Natal. A expectativa é de que, somente entre amanhã e sábado, 1,5 milhão de veículos deixem a cidade - quase um terço da frota circulante.

A Operação Estradas para o Natal da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) vai monitorar as 13 principais vias da capital - as avenidas do minianel viário e as ligações leste-oeste e norte-sul. A companhia diz que o trânsito deve ser mais intenso hoje na parte da tarde e, amanhã, durante todo o dia. Por isso, a recomendação é para que o motorista tente planejar a viagem justamente no intervalo entre esses períodos: das 22 horas de hoje às 6 horas de amanhã.

O monitoramente inclui ações como manter guinchos em pontos estratégicos para acelerar a retirada de veículos quebrados que atrapalham o trânsito. "A CET vai monitorar o trânsito especialmente nos acessos e chegadas das rodovias, com o objetivo de garantir a fluidez e a segurança de motoristas e pedestres", diz a empresa, em nota.

Além dos principais corredores, haverá reforço no número de agentes de trânsito ao redor dos três terminais rodoviários da cidade.

Rodízio. As medidas podem soar excessivamente zelosas: desde anteontem, a cidade tem registrado índices de congestionamentos abaixo da média, já em decorrência das férias e das folgas de trabalho de final de ano. Mas a CET também relaxou algumas das restrições ao trânsito para quem fica por aqui.

A mudança mais importante é a suspensão do rodízio municipal de veículos. Começa amanhã e vai até o dia 13 de janeiro. A restrição volta a valer no dia 16. E as faixas reversíveis (em locais como a ligação leste-oeste), instaladas nos horários de pico para facilitar a fluidez, também serão suspensas. Mas a restrição a caminhões continua valendo.

Alternativas. Em nota, a Prefeitura pediu para que motoristas que vêm de locais ao norte da capital e vão pegar as Rodovias Presidente Dutra e Ayrton Senna usem a Rodovia Dom Pedro I ou o Rodoanel. O pedido vale para carros e caminhões e é parecido com a recomendação feita para quem está no litoral. "Evitem utilizar a malha viária da cidade, especialmente a Marginal do Pinheiros e a Avenida dos Bandeirantes, fazendo uso do Rodoanel", diz a CET.

Vale lembrar que, embora proibido, o trânsito de caminhões na Marginal do Tietê ainda não é punido com multa - que deve ser definida nas próximas semanas. Mas na Marginal do Pinheiros já é possível ocorrer autuações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.