1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Roubos aumentam 42% em maio em São Paulo e homicídios caem 22%

Luciano Bottini Filho - O Estado de S. Paulo

25 Junho 2014 | 15h 10

Este é o 12º aumento mensal consecutivo de roubos na cidade; no total foram 14.716 casos

Atualizada às 17h11

SÃO PAULO - Os roubos na cidade de São Paulo tiveram uma alta de 41,9% no mês de maio em comparação ao mesmo período do ano passado. Foram 14.716 casos ante a 10.373 em maio de 2013. É o 12º aumento mensal consecutivo desses crimes.

Os homicídios, no entanto, tiveram uma redução de 22,2%, com 84 casos em maio deste ano, diante de 108 no mesmo mês de 2013. Este é o menor número desses delitos para um mês de maio na série histórica iniciada em 2001, empatado com o mesmo período de 2011. No ano, a redução foi de 7,9%. 

Os roubos tiveram um crescimento de 39,3% no acumulado do ano, com 69.305 casos ante 48.887. A Secretaria de Segurança Pública divulgou nesta terça-feira, 24, um programa de valorização das carreiras policiais que servirá como uma medida para estancar o crescimento dos crimes.  

O projeto de lei que passará pela Assembleia Legislativa prevê aumento de até 8% nos salários dos policiais. Além disso, o governo pretende contratar PMs inativos para trabalhar em atividades administrativas, liberando um maior efetivo nas ruas. 

Estado. No Estado de São Paulo, o número de homicídios aumentou 6,4% em maio, em comparação com o mesmo mês do ano passado. O número de casos passou de 329 para 350.

Os roubos (exceto de veículos) cresceram 33,6%, de 21.209 para 28.336 casos - maior número desde janeiro de 2012, quando os dados começaram a ser divulgados pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) no site. De acordo com a SSP, os objetos mais roubados são documentos (45,16%), aparelhos de comunicação como celulares (17,14%) e dinheiro. Pedestres são as maiores vítimas. Já o número de furtos caiu 2,4%, passando de 46.767 para 45.631.

A quantidade de casos de roubos de veículos no Estado cresceu 13,9% (de 7.606 para 8.664 casos). O crescimento do número de furtos de veículos em maio, em comparação com o mesmo mês do ano passado, foi ainda maior: 17,7%. O número de casos passou de 9.453 casos para 11.122 no mês passado - maior índice desde o começo de 2012.