1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Roubo termina com a morte de três suspeitos em Carapicuiba

Ricardo Valota, da Central de Notícias

02 Setembro 2009 | 05h 40

Eles faziam parte de grupo de oito homens que teria trocado tiros com pms durante tentativa de assalto

Três suspeitos foram mortos pela polícia durante tentativa de assalto a um supermercado no município de Carapicuíba, oeste da região metropolitana de São Paulo. Eles faziam parte de um grupo de oito homens que invadiram o supermercado Todo Dia, na Estrada de Cabreúva, bairro de Vila Marcondes. Baleados na troca de tiros com policiais militares da Força Tática do 33º Batalhão, os três criminosos, ainda não identificados, morreram quando era atendidos no Hospital Sanatorinhos.

 

Segundo os policiais militares, aparentemente nenhum dos três assaltantes mortos é menor de 18 anos. No corpo dos assaltantes havia tatuagens de palhaços, alguns armados, outros segurando sacos de dinheiro. No mundo do crime, essas tatuagens, segundo a polícia, indicam o artigo 157 do Código Penal - roubo à mão armada. Foram apreendidos com os bandidos quatro revólveres, sendo um do segurança do mercado, um radiotransmissor, também do funcionário, e uma escopeta calibre 12.

 

A quadrilha invadiu o supermercado por uma porta lateral, em um corredor de acesso somente para funcionários, segundos após o gerente e o segurança do estabelecimento baixaram as primeiras portas. Outros 20 funcionários também foram rendidos. O gerente foi levado por um dos bandidos até a sala da administração, onde teve de abrir o cofre e entregar aos bandidos dois malotes, com um total de R$ 4 mil. Celulares das vítimas também foram tomados.

 

Policiais militares foram chamados por testemunhas e cercaram rapidamente o supermercado. Pelo menos cinco dos criminosos conseguiram escapar por um matagal e pularam o muro de algumas casas. Não se sabe ainda se havia algum carro esperando pelos assaltantes. Os outros três bandidos foram atingidos durante a troca de tiros em frente ao estabelecimento comercial. O dinheiro e os celulares foram recuperados. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Carapicuíba.