Relíquias do Império vão a leilão em SP

Peças estarão em exposição para leigos e colecionadores na Casa da Fazenda do Morumbi[br]até segunda-feira

Mariana Lenharo, O Estado de S.Paulo

21 Abril 2010 | 00h00

O brasão de madeira talhada com a inscrição P.II na parte inferior de uma coroa indica que o ornamento pertenceu ao imperador d. Pedro II. Também remontam ao passado imperial alguns documentos, como o contrato de casamento da majestade com a imperatriz Teresa Cristina, de 1843. Entre móveis nobres, há um par de cadeiras de jacarandá.

Todos esses itens podem ser adquiridos por você, ou por colecionadores, em um leilão, que será realizado nos dias 27, 28 e 29 deste mês, na Casa da Fazenda do Morumbi.

Mesmo quem não tem planos de dar nenhum lance pode comparecer ao local para apreciar as peças, que até o dia 26 estarão em exposição. Leigos até se perguntam se existem pessoas dispostas a gastar pequenas fortunas com peças raras. Sim, elas existem. "Felizmente, temos alguns colecionadores, não só em São Paulo, mas em outras regiões. Anteriormente, não tínhamos colecionadores e deixamos parte de nossa história ir embora", diz Luiz Fernando M. Dutra, leiloeiro responsável.

Destaque. Entre os objetos imperiais está uma travessa que pertenceu ao aparelho de louça de d. Pedro I. "Essa travessa é raríssima, poucos colecionadores a possuem", diz Dutra.

O leiloeiro não arrisca dizer qual é o objeto mais cobiçado. "O que eu posso dizer, com toda a certeza, é que a coleção de louça com brasões imperiais e de titulares do Império vai despertar um interesse muito grande", diz. Segundo Dutra, as peças do leilão vêm de colecionadores particulares.

Pequenos lances. Quem tem interesse em arte e em antiguidades, mas nunca teve coragem de dar as caras em um leilão por achar que o evento é frequentado só por marchands e ricos colecionadores, pode até arriscar um lance em uma peça de baixo valor. "Às vezes, no mesmo leilão, há peças de R$ 100 e outras de R$ 300 mil", diz Dutra.

"O leilão é público, qualquer pessoa pode ir e não precisa de convite", afirma. Apesar de estimular o comparecimento, Dutra evitou comentar o valor mínimo dos lances para as peças.

Serviço

LEILÃO DE PEÇAS DO IMPÉRIO. EXPOSIÇÃO: ATÉ SÁBADO, DAS 12H ÀS 22H; DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA, DAS 12H ÀS 18H. PREGÃO: DIAS 27, 28 E 29. A PARTIR DAS 21H30. LOCAL: CASA DA FAZENDA DO MORUMBI: AV. MORUMBI, 5.594

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.