Rapaz morre após reagir a roubo de carretéis de linha para pipa

Ele estava no mercado de seu irmão e foi baleado no peito após luta corporal; dois suspeitos foram presos

Daniela do Canto, da Central de Notícias,

25 Junho 2009 | 12h56

O motorista José Godoy Alves Filho, de 41 anos, morreu durante um assalto ao mercado de seu irmão nesta quarta-feira, 24, em Diadema, na Grande São Paulo. Segundo informações apuradas pela Polícia Civil, Filho teria reagido ao roubo e acabou assassinado com um tiro no peito. Pouco depois, dois homens suspeitos de terem cometido o crime foram detidos em São Bernardo do Campo.

 

Os dois assaltantes invadiram por volta das 14 horas o mercado, localizado na altura do número 354 da Rua Maria Helena, no bairro de Piraporinha, e anunciaram o assalto. Armado com um revólver calibre 38, um dos acusados, identificado como Robson Ribeiro Alves, de 24 anos, exigiu que José Godoy colocasse carretéis de linha para pipa na sua mochila.

 

De acordo com a polícia, a vítima reagiu e entrou em luta corporal com o assaltante. Nesse momento, Robson teria dado um soco no rosto de José Godoy e em seguida atirado no peito do motorista, que não resistiu ao ferimento. Os assaltantes também teriam roubado uma pequena quantia em dinheiro, não informada pela polícia.

 

Fuga

 

Os dois assaltantes fugiram em uma moto. Um PM à paisana viu os criminosos deixando o mercado, seguiu os bandidos e pediu o auxílio de outras viaturas na perseguição. Na Avenida Lions, no bairro de Rudge Ramos, em São Bernardo do Campo, os acusados foram alcançados pelos policiais. Eles caíram da moto e foram detidos.

 

Com ferimentos leves, Alves e o outro ocupante da motocicleta, Michael Robert Silva Santos, de 19 anos, foram levados ao pronto-socorro de São Bernardo do Campo e medicados. Em seguida, foram levados ao 2º DP da cidade, onde o caso foi registrado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.