Quatro menores fogem da Fundação Casa no litoral paulista

Jovens retiraram os blocos de concreto da parede do dormitório e pularam o muro da unidade

Gheisa Lessa, estadão.com.br

20 Julho 2012 | 15h37

Quatro menores da Fundação Casa da Praia Grande I, no litoral paulista, fugiram na noite da última quinta-feira, 19, por meio de um buraco cavado na parede. Uma sindicância foi instaurada para investigar as circunstâncias da ação.

De acordo com a assessoria de imprensa da Fundação Casa, os quatro menores que fugiram estavam nos dormitórios por volta das 22h da última quinta. Os jovens retiraram os blocos de concreto da parede e pularam o muro da unidade.

A ação só foi percebida pelos agentes do local após a movimentação nos demais dormitórios. Segundo a assessoria, não há câmeras de segurança na fundação.

A Polícia Militar segue na busca pelos fugitivos, mas nenhum foi encontrado.

Histórico. No último dia 16, por volta das 19h30, alguns dos adolescentes, nenhum deles armado, renderam dois agentes de apoio socioeducativo, ambos do sexo masculino. Outros internos resolveram quebrar cadeiras e mesas, cujos pedaços de madeira acabaram virando armas, e atearam fogo em colchões.

Segundo a assessoria, os adolescentes aparentemente não reivindicaram nada. Quatro horas depois, eles foram convencidos a encerrar o tumulto e soltaram os dois funcionários, ambos ilesos. Não houve fuga.

Já na noite do último dia 7, um sábado, 18 adolescentes fugiram da Unidade II. A Polícia Civil instaurou um inquérito para apurar o ocorrido. Por volta das 20h30, os jovens renderam dois agentes enquanto eram levados da quadra poliesportiva para os dormitórios. Na ocasião, os menores arrombaram o portão de acesso à parte externa do centro e fugiram pulando o muro. Um adolescente foi baleado e um funcionário ficou ferido. Apenas dois dos adolescentes foram recapturados.

Mais conteúdo sobre:
Fundação Casa fuga menores internos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.