Google Street View
Google Street View

Quadrilha atira em escola durante ataque a agência bancária em Sales

Bando explodiu dois caixas eletrônicos da agência do banco Santander e levou todo o dinheiro

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

21 Março 2018 | 16h44

SOROCABA - Criminosos atiraram contra o prédio de uma escola municipal, durante o ataque com explosivos a uma agência bancária na região central de Sales, interior de São Paulo, na madrugada desta quarta-feira, 21. 

Os disparos atingiram o muro e um portão da escola que, em razão do horário, estava vazia. O bando explodiu dois caixas eletrônicos da agência do banco Santander e levou todo o dinheiro - o valor não foi informado. As explosões e os tiros acordaram os moradores da pequena cidade, de 5,4 mil habitantes, no norte do Estado.

Segundo a Polícia Militar, os assaltantes chegaram em dois carros e, enquanto parte do bando invadia a agência, outros bandidos ficaram do lado de fora atirando contra os prédios vizinhos para intimidar a população. Com a força da explosão, o prédio ficou destruído. 

Os criminosos fugiram dando tiros para o alto. Os policiais recolheram cápsulas de balas de fuzil na frente da agência.

+++ Idoso é assassinado após roubo em saidinha de banco nos Jardins

Outro crime. Na terça-feira, 20, uma quadrilha com pelo menos dez integrantes usou explosivos para assaltar uma agência do Banco do Brasil, em São Pedro, região central do Estado. Os criminosos conseguiram arrombar o cofre central da agência e fugiram com mochilas cheias de dinheiro. 

A força das explosões derrubou paredes e fez cair o teto da agência. Moradores que saíram à rua foram ameaçados por bandidos que estavam de sentinela, enquanto os outros saqueavam a agência. O valor roubado não foi divulgado. Até a tarde desta quarta, nenhum suspeito havia sido preso.

Mais conteúdo sobre:
Sales [SP] Santander assalto a banco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.