Professor é acusado de estuprar aluna

Um professor de tae-kwon-do de 35 anos foi preso acusado de estuprar uma de suas alunas, de 15, em Aparecida de Goiânia, em Goiás. Na delegacia, o atleta negou ter estuprado a menina e afirmou ter tido "relações sexuais consentidas" com ela. O caso foi em agosto, mas só veio à tona depois que os pais foram alertados por uma colega da menina. Eles disseram que a filha tentou suicídio três vezes e que o professor sugeriu que ela fosse internada em uma clínica psiquiátrica.

O Estado de S.Paulo

23 Dezembro 2011 | 03h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.