Principais serviços não funcionam na 6ª; veja o que abre e fecha no Ano Novo

Bancos, Correios e Procon são alguns dos locais que não abrem; confira horários durante o feriado

Estadão.com.br,

29 Dezembro 2011 | 14h47

SÃO PAULO - Devido ao Ano Novo, alguns serviços em São Paulo terão o funcionamento alterado já a partir desta sexta-feira, como em agências bancárias e algumas agências dos Correios. O expediente nos principais locais de atendimento será retomado na segunda-feira, 2.

 

Veja abaixo a relação do que abre e o que fecha:

Bancos. Fecham para balanço em todo o País nesta sexta-feira e voltam a funcionar apenas na segunda-feira. Serviços podem ser realizados através da internet ou caixas eletrônicos.

Correios. As unidades próprias fecham a partir de sexta e retomam as atividades na segunda-feira, 2. Unidades franqueadas funcionam normalmente na sexta-feira e até o meio-dia no sábado. Serviços como Sedex, Sedex Hoje, Sedex 10, Sedex Mundi e Dique Coleta não funcionarão.

Procon e Poupatempo. As atividades ficam suspensas tanto das unidades como por teleatendimento a partir de sexta e retomam apenas após o meio-dia na segunda-feira, 2.

Saúde. Hospitais, prontos-socorros e os serviços das Assistência Médica Ambulatorial (AMAs) funcionarão ininterruptamente na sexta e sábado. No domingo, apenas as AMAs fecham. Já as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e os Ambulatórios de Especialidades fecham no dia 30 e voltam a funcionar no dia 2.

Abastecimento. Mercados municipais e sacolões não funcionarão no dia 1º. As feiras previstas para o domingo serão antecipadas para o sábado. Nos outros dias, os horários e locais estão mantidos.

Parques e esporte. Os parques municipais fecharão uma hora mais cedo no dia 31 e abrirão uma hora mais tarde no dia 1º. Os Clubes da Cidade poderão abrir no dia 30, conforme decisão das administrações. O Parque Esportivo dos Trabalhadores funcionará nos dias 31 e 1º, das 6h às 12h. A piscina abre das 9h às 12h no dia 31, mas fecha no dia 1º.

Assistência Social. Vão funcionar nos dias 30, 31 e 1º apenas os serviços de emergência e acolhida oferecidos 24 horas, ininterruptamente: Abrigos/Casas de Acolhida, Central de Atendimento Permanente e de Emergência e Centros de Acolhida (antigos albergues). O Centro de Referência de Cidadania do idoso abrirá somente no dia 30.

Cultura. Os teatros permanecerão fechados até dia 2 de janeiro, e o Municipal até o dia 6 de janeiro. A Biblioteca Mário de Andrade fecha até o dia 1º de janeiro. Capela do MorumbiMuseu da Imagem e do Som, Casa do Grito, Casa do Tatuapé, Solar da Marquesa de Santos e Beco do Pinto, até o dia 3. O Monumento à Independência (Capela Imperial) abrirá todos os dias.

O Centro Cultural São Paulo fecha até o dia 2 de janeiro e a Galeria Olido só reabrirá no dia 2. O Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso fecha até o dia 9. Os ônibus-bibliotecas funcionarão no dia 30.

Educação. As escolas estão em recesso. Os CEUs abrirão normalmente para a comunidade nos dias 30 e 31, nos horários habituais. O atendimento está suspenso no dia 1º de janeiro.

Subprefeituras. As Praças de Atendimento fecham no dia 30 e voltam a atender no dia 2.

Trabalho. As unidades fixas e móveis do Centro de Apoio ao Trabalho (CAT) e a Tenda do Trabalhador não atenderão no dia 30, retornando às atividades no dia 2. Já as agências do Banco de Microcrédito São Paulo Confia funcionarão normalmente no dia 30, fechando no dia 2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.