Preste atenção

1.Quando for conhecer (ou revisitar) as galerias do centro paulistano, aproveite para contemplar os detalhes que valorizam esses espaços. É caso, por exemplo, do imenso painel assinado pelo artista plástico Candido Portinari instalado em uma parede da Califórnia. Ou os ladrilhos verdes criados pelo paisagista Burle Marx na Galeria R. Monteiro

, O Estado de S.Paulo

11 Abril 2010 | 00h00

2. Apesar de estar contida no livro Dez Roteiros Históricos a Pé em São Paulo e ter uma rica importância histórica, a Galeria Olido, no Largo do Paiçandu, ficou de fora da programação do tour. Hoje o espaço serve de sede da Secretaria Municipal de Cultura e abriga uma série de espaços, como cinema, teatro e área de exposições. "Tive de pular algumas (galerias) porque senão o passeio ficaria muito extenso", explica Paula Ester Janovitch, historiadora e monitora do passeio

3. O site Arq!bacana e a Editora Narrativa Um já definiram o tema para o passeio seguinte, programado para o dia 16 de maio. Será um tour pelas "vilas operárias" paulistanas, um tema tão cheio de surpresas e opções de itinerários quanto as galerias do centro da cidade. Os detalhes ainda vão ser divulgados

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.