1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Presos por participar de tumulto no carnaval de São Paulo são soltos

Priscila Trindade, do estadão.com.br

24 Fevereiro 2012 | 16h 14

Dupla deixou o Presídio de Tremembé, no interior, após cada um pagar fiança de R$ 12,5 mil

Texto atualizado às 19h42.

 

SÃO PAULO - Os dois homens presos após o tumulto na apuração do carnaval 2012, no Sambódromo de Anhembi, na zona norte de São Paulo, foram libertados nesta sexta-feira, 24, após cada um pagar fiança de R$ 12,5 mil.

Tiago Tadeu Faria, de 29 anos, responsável por rasgar as notas do carnaval deixou o Presídio de Tremembé, no interior do Estado, por volta das 15h30. Cauê Santos Ferreira, de 20, saiu da unidade às 18 horas, segundo informou a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP).

Ontem, a Polícia Civil indiciou ainda o diretor de carnaval da Camisa Verde e Branco, Alexandre Salomão, o Teta. Ele não foi preso em flagrante e poderá responderá em liberdade por supressão de documentos e dano ao patrimônio público.

Integrantes de pelo menos quatro escolas planejaram o tumulto da apuração das notas do carnaval no Anhembi, segundo a Polícia Civil. Outros oito integrantes de escolas de samba devem ser ouvidos até segunda.

Segurança. A Prefeitura assumiu integralmente a segurança do carnaval, antes dividida com a Liga Independente das Escolas de Samba. O prefeito Gilberto Kassab (PSD) também disse que a administração será "implacável" com escolas que tiverem diretores estiverem envolvidos no episódio. Mas de punição mesmo até agora nada - a Liga disse ontem que vai o fim do inquérito policial, previsto para daqui a 15 dias.