Preso simula suicídio e foge de delegacia

Enquanto estava sendo examinado fora da cela, homem aproveitou para levantar e fugir

Bruno Lupion, do estadão.com.br

08 Abril 2010 | 06h42

Um homem detido por não pagar pensão alimentícia fugiu pela porta da frente do 18º DP, no Alto da Mooca, zona leste da capital, na noite de quarta-feira, 7, após fingir cortar os pulsos para cometer suicídio.

Eduardo Fares Farah, 44 anos, simulou os cortes e os presos começaram a gritar por socorro, segundo a Polícia Civil. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado e, durante os exames, já fora da cela, Farah se levantou e saiu correndo.

Um investigador teria perseguido o fugitivo dentro da delegacia, mas se acidentou no caminho. Até a manhã desta quinta-feira, 8, Farah não havia sido localizado. A carceragem do 18º DP reúne 62 presos, todos por não pagamento de pensão alimentícia.

Mais conteúdo sobre:
fuga preso SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.