Google Street View/Reprodução
Google Street View/Reprodução

Preso foge de delegacia pela porta da frente em Salto de Pirapora

Detido por tráfico de drogas, Dejilson de Freitas Pinto aproveitou descuido de dois policiais civis após pedir para ir ao banheiro

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

03 Junho 2016 | 15h02

SOROCABA - Preso em flagrante por tráfico de drogas, Dejilson de Freitas Pinto, de 28 anos, aproveitou um descuido dos policiais e fugiu pela porta da frente da delegacia da Polícia Civil, nesta quinta-feira, 2, em Salto de Pirapora, no interior de São Paulo. Quando deram falta do suspeito, os dois policiais civis que estavam no local saíram em busca, mas Dejilson já tinha desaparecido. A fuga está sendo investigada pela Corregedoria da Polícia Civil.

De acordo com o delegado Gilberto Montenegro Costa Filho, o suspeito foi preso pela Polícia Militar, vendendo drogas no bairro Jardim Teixeira, na companhia de um adolescente. Com ele, foram apreendidas pedras de crack e porções de cocaína. Levados à delegacia, o menor foi ouvido e liberado, mas Dejilson foi autuado em flagrante e ficou detido.

Enquanto aguardava transferência para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Sorocaba, ele pediu para ir ao banheiro. O policial civil liberou o suspeito, que estava preso pela algema a uma barra de ferro, e permitiu que usasse o sanitário. Ao sair do banheiro, Dejilson caminhou até a porta da frente e ganhou a rua. Segundo o delegado, houve um descuido dos policiais. Ele é considerado foragido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.