Gabriela Bilo | ESTADAO CONTEUDO
Gabriela Bilo | ESTADAO CONTEUDO

Prefeitura de SP anuncia enterramento de 65 km de fios

Programa vai atender regiões central e oeste da cidade; 3.014 postes serão retirados

Priscila Mengue, O Estado de S.Paulo

29 Agosto 2017 | 19h55

SÃO PAULO - A Prefeitura de São Paulo anunciou oficialmente as três primeiras etapas do programa de enterramento de fios de energia e telecomunicações em ruas e avenidas da cidade. Como reportagem do Estado já havia antecipado, a primeira parte do programa, batizado de Cidade Linda-Redes Aéreas, está sendo implementada em 52 quilômetros de 117 vias da região central e tem término previsto para julho de 2018. 

Nas três etapas, o programa vai atender cerca de 65 quilômetros de 137 vias, retirando 3.014 postes da região central e do bairro Vila Olímpia, na zona oeste. 

"Vão provocar evidentemente uma valorização dessas áreas, e a valorização vai certamente impulsionar a construção civil, o que impulsiona a geração de empregos, o que impulsiona impostos, ou seja, o benefício se amplia e se capilariza social e economicamente", defendeu o prefeito João Doria (PSDB) em coletiva de imprensa realizada na tarde desta terça-feira, 29, na sede da Prefeitura.

Somente nas três etapas, com enterramento de fios de eletricidade e retirada de postes, a Eletropaulo calcula o custo de R$ 56,9 milhões. Segundo o presidente da Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Competitivas (Telcomp), João Moura, não há uma estimativa de custos para as empresas de comunicação.

Segundo Doria, o programa se inicia nas regiões mais centrais, mas deve ser ampliado para as demais áreas da cidade. "Esse é um projeto que começa do centro para a periferia", disse. "É uma política pública que vai continuar."

A segunda fase das ações começará em setembro, atingindo 4,2 quilômetros de rede elétrica e seis quilômetros de telefonia de 13 vias do bairro Vila Olímpia, na zona oeste. Dentre os locais atendidos, estão trechos das avenidas Chedid Jafet, das Nações Unidas e dos Bandeirantes. O término também está previsto para julho de 2018, período em que 321 postes serão retirados.

Já a fase 3 do programa atenderá sete vias do centro de São Paulo, na região do Mercado Municipal, tais como a Avenida do Estado, a Avenida Cásper Líbero e a Rua Mauá, totalizando nove quilômetros de fios. Ao todo, 584 postes serão retirados. As obras têm início previsto para janeiro 2018, sem data de término.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.