Prefeitos dizem que informe foi ''preconceituoso''

O Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb), que reúne os prefeitos da região, enviou uma nota de repúdio ao consulado americano. Presidente do Condesb, o prefeito de Bertioga, Mauro Orlandini (DEM), abriu a reunião do grupo chamando o comunicado de "preconceituoso, difamatório e altamente negativo para a imagem do litoral paulista".

Rejane Lima, O Estado de S.Paulo

28 Abril 2010 | 00h00

A prefeita do Guarujá, Maria Antonieta de Brito (PMDB), afirmou que a violência urbana não é uma realidade só do Brasil, mas mundial - e inclui os Estados Unidos. ''No mínimo, é indelicado querer orientar uma população a ter uma postura como essa.'' A prefeita reiterou que os crimes foram ''fatos isolados'' .

Para o prefeito de Santos, João Paulo Papa (PMDB), a recomendação do consulado foi "genérica, abrangente e alarmista". Segundo Papa, aparentemente a onda de violência se tratou de "uma disputa dentro do mundo do crime".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.