Tiago Queiroz/AE
Tiago Queiroz/AE

Prefeita de Jandira pode depor ainda hoje sobre tiros do marido em 'vulto' dentro da residência do casal

Francis Herman Falcão, que é secretário municipal e ex-policial militar, disse à polícia que atirou cinco vezes porque pensou que o carro da mulher seria roubado

Solange Spigliatti e Pedro da Rocha, do estadão.com.br,

26 Dezembro 2011 | 10h13

SÃO PAULO - A prefeita de Jandira, Anabel Sabatine (PSDB), poderá prestar depoimento ainda na tarde desta segunda-feira, 26, sobre os tiros efetuados pelo marido dela na madrugada de hoje, em Alphaville, na Grande São Paulo. Segundo a delegacia de Santana de Parnaíba, onde o caso foi registrado, o depoimento ainda não foi marcado, mas pode ocorrer depois do meio-dia.

Francis Herman Falcão, de 33 anos, que é secretário municipal e ex-policial militar, efetuou cinco disparos com uma pistola calibre 380, dentro da residência do casal, por volta de 2h30 desta segunda-feira. Falcão disse à polícia que viu um 'vulto' dentro do carro da mulher, pensou que o veículo seria roubado e decidiu atirar.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a prefeita afirmou que teve uma pequena discussão com o marido, mas que ela estava no quarto sozinha quando ouviu os disparos feitos por ele. Anabel Sabatina contou que ela mesma chamou os seguranças do condomínio, que fica na Alameda das Sálvias. A equipe de segurança acionou a Guarda Civil Municipal, que deteve o ex-PM. Falcão foi levado para a delegacia e a arma foi entregue aos guardas.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) afirma que a polícia vai investigar o caso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.