Pratos valorizam tradições regionais de Pernambuco

Cardápio tem 68 itens, com destaque para os peixes e frutos do mar; dono garante trabalhar só com produtos frescos

RECIFE , O Estado de S.Paulo

22 Julho 2012 | 03h04

Com 68 itens no cardápio - os pratos principais variam de R$ 45 a R$ 74 -, a cozinha do Leite destaca a gastronomia regional. O carro-chefe são os peixes e os frutos do mar. A sobremesa de maior sucesso é a famosa cartola pernambucana, patrimônio cultural e imaterial do Estado desde 2009 (Lei 13.751). A cartola é feita com banana-madura, queijo de manteiga, açúcar e canela, uma combinação irresistível.

Dono do Leite, seu Armênio Ferreira Diogo Dias, de 81 anos, gosta de destacar que nenhuma comida é pré-preparada no seu restaurante. Tudo é feito na hora e na sua cozinha - da maionese ao patê de atum fresco. "Se o peixe não estiver piscando ao entrar aqui, não serve", assegura o dono.

O chef Edmilson Araújo Chaves, de 52 anos, o "Bigode", à frente da cozinha há 23, não esconde o orgulho ao mostrar a cozinha. As carnes são tratadas por uma equipe de 33 funcionários especialistas em cortes.

Com sua vida confundida com o restaurante, Dias não sabe se depois da sua morte alguém vai abraçar a causa do Leite com o mesmo afinco e determinação. Sua filha Mônica Dias é uma forte candidata. / A.L.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.